Instituto reúne para socializar resultados de investigação e perspetivar 2019

O Instituto Nacional de Investigação e Desenvolvimento Agrário, INIDA, realizou no passado dia 28 de dezembro, um encontro de socialização dos resultados da investigação e desenvolvimento agrário no período de 2018 e as perspetivas para o ano 2019

De acordo com uma publicação do Ministério da Agricultura e Ambiente, MAA, na sua página do Facebook, o atelier pretendia partilhar com as demais Direções de serviços e os técnicos do MAA, as principais realizações desse Instituto enquanto responsável para a área da investigação e do desenvolvimento agrário no País e as perspetivas para o novo ano que se avizinha.

Para a Presidente do INIDA um dos destaques do ano de findo foi o trabalho contínuo do INIDA no melhoramento das variedades hortícolas e frutícolas.

Angela Moreno sublinha que embora o trabalho da investigação “seja silencioso, minucioso e leva o seu tempo”, o reflexo desse trabalho pode ser visto numa visita ao mercado onde é possível encontrar variedades de hortaliças e frutas “durante o ano inteiro e mesmo no período de seca”.

Para o Ministro da Agricultura e Ambiente, Gilberto Silva, o principal desafio de Cabo Verde “ainda persiste na resiliência do próprio setor” e conforme avança, algumas ações precisam ser aceleradas como a mobilização de água, contingentação de animais, recuperação de campos de pastagem, aposta nas melhores variedades produzidas, entre outras.

Gilberto Silva garante que o INIDA desempenha um importante papel não só na investigação como no desenvolvimento agrário do País.